Aprender Inglês dormindo?

A - COR - DA! WAKE UP!


Você REALMENTE acredita ser possível aprender alguma coisa - qualquer coisa - enquanto dorme? Claro que não!


Então, professor, você está escrevendo um texto cujo título já cai por terra logo nas primeiras linhas? Sim! Mas, calma, que eu quero desenvolver o tema mais um pouquinho... vem comigo?


A premissa do título é discutir um modus operandi de muitas propagandas que vemos hoje em dia em todas as redes sociais, que partem do princípio de que a solução a ser vendida tem que ser prática e fácil, e aí vale tudo para vender, inclusive esse título de balela que coloquei nesse título.


Note: há, sim, várias maneiras de se aprender qualquer coisa. Já falamos sobre isso aqui no blog e em nossas redes. Entretanto, há uma diferença entre aprender e entender o aprendizado como jornada, processo, com "dores e frustrações"; e imaginar que seja possível aprender sem passar por qualquer "sacrifício".


A Lumos se preocupa muito com a verdade na sua mensagem, ou seja: a gente sabe por experiência própria que não existe uma fórmula mágica e infalível para aprender inglês, e também não existe caminho sem pedras, cômodo, para a fluência.


Portanto, caro leitor e cara leitora, não compre essa falácia do "aprenda dormindo" ou qualquer apelação similar. Valorize seu tempo e seu dinheiro! Procure entender o seu processo e, se a Lumos puder te ajudar, cá estamos!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo