Quando usar TO e quando usar FOR?

Dúvida comum que aparece para nós, professores, é a diferença de uso entre to e for. Ambas as preposições têm a mesma tradução para a língua portuguesa: para. Porém, como de costume, há um sistema que deve ser levado em consideração, sendo a tradução uma ferramente útil, claro, para a compreensão inicial, mas incompleta.


Vamos analisar alguns exemplos:


  • I'm going to the supermarket.

  • Eu vou para o mercado


  • This is for you!

  • Isso é para você!

Perceba que o to vai ter a ideia de destino (destination, em inglês) enquanto o for passa a ideia de oferecimento, como se você estivesse entregando algo para alguém. Mais exemplos abaixo:


  • It's a quarter to 10.

  • São quinze para as 10.


  • We've lived here for 4 years.

  • Nós moramos aqui por 4 anos.

Nos exemplos acima, to e for se relacionam com a noção de tempo. Na primeira frase, to refere-se a um tempo futuro enquanto, na segunda, for refere-se a um período de tempo passado. Interessante, não é mesmo?


Em alguns outros casos, devemos analisar ambas preposições num contexto, ou seja, se elas estão combinadas com um verbo ou um adjetivo, formando uma colocação ou phrasal verb (sim, sempre eles!) específico. Veja:


  • I'm really looking forward to meeting my relatives!

  • Eu estou realmente ansioso para encontrar meus parentes!


  • She is looking for her glasses.

  • Ela está procurando seus óculos.

Nos exemplos acima, as preposições to e for estão conectadas a outras palavras, formando um phrasal verb. Eu não posso simplesmente escolher usar essa ou aquela preposição como eu bem entender sem analisar o contexto que a cerca, por isso é importante sempre ter a noção mais ampla do alcance delas.


E aí, você agora é capaz de usar to e for fazendo essas diferenciações?

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo